"Rádio Vaticano deixará de transmitir em Ondas Curtas para a Europa e para as Américas"

21:48:00

Cidade do Vaticano (RV) [12/06/2012 as 11h05] - Após celebrar no ano passado seus 80 anos, a Rádio Vaticano está pronta para enfrentar uma nova etapa da sua história, confiando cada vez mais a sua mensagem de serviço ao Evangelho e à Igreja às novas tecnologias de comunicação.

Os programas radiofônicos em cerca de 40 línguas da Rádio Vaticano – recebidos via satélite ou via internet – são hoje retransmitidos por cerca de mil rádios locais ou regionais em FM e OM em aproximadamente 80 países dos cinco continentes.
Além disso, eles estão acessíveis ao vivo em cinco canais na rede e on demand e em podcast em cada ponto do mundo em que é possível conectar o site da Rádio Vaticano: .

Também as notícias e os textos publicados no Site em 40 línguas, em 13 alfabetos diferentes, são uma fonte de informação riquíssima, e o serviço RSS e as newsletters são enviadas cotidianamente a inúmeros inscritos em muitas línguas diferentes (não somente europeias, mas também, por exemplo, chinês, hindi, tâmil…).

Além disso, a estreita colaboração com o Centro Televisivo Vaticano permitiu ainda desenvolver um serviço em vídeo muito rico na Rede e o instrumento inovador do “Vatican player”, que oferece não somente as imagens e os seus sons das atividades do Papa ao vivo e on demand, mas as remete sistematicamente à Agenda dos compromissos do Papa e assim também aos textos e aos serviços jornalísticos pertinentes. Através do “Vatican player”, os portais de todo o mundo podem receber e relançar sistematicamente na Rede imagens, vozes e textos do Papa e da Santa Sé.

O canal radiofônico “Rádio Vaticano ao vivo” em 24 horas já é bem seguido em FM em Roma e em DAB e DAB+ em boa parte do território italiano, permitindo um diálogo sempre mais intenso com a vida e a cultura italianas e com a Igreja na Itália.

Levando em consideração a vasta acessibilidade dos seus serviços através das retransmissões em rádios locais, regionais ou nacionais, e através da Web e de alguns canais satelitares, a Rádio Vaticano considera que chegou o momento de reduzir o empenho das transmissões com as tecnologias tradicionais das Ondas Curtas e das Ondas Médias, transferindo assim recursos em novas direções.

Por isso, a partir de 1° de julho, cessarão do Centro Transmissor de Santa Maria de Galeria todas as transmissões em Ondas Médias e em Ondas Curtas para a maior parte da Europa e das Américas, que são justamente as regiões do mundo em que a cobertura por parte das retransmissões de rádios e o acesso através da Internet são os meios muito mais preponderantes para usufruir dos serviços da Rádio Vaticano.

A redução atual diz respeito a cerca de metade do tempo de transmissão do Centro Transmissor, de onde se inicia o estudo para a reestruturação do próprio Centro em função das novas tecnologias de comunicação. No decorrer dos próximos anos, preveem-se ulteriores reduções em Ondas Curtas, tendo porém sempre presente o dever de servir com atenção especial as áreas e as populações mais pobres ou em situações de dificuldades (em especial na África, no Oriente Médio ou na Ásia), que não têm outros meios alternativos para receber de maneira abrangente a voz do Papa e da Igreja.

Nos próximos dias, os programas radiofônicos nas diversas línguas informarão seus ouvintes da nova situação, dando inclusive sugestões e indicações apropriadas para que os tradicionais radiouvintes em Ondas Curtas ou Médias possam recorrer às vias alternativas disponíveis para usufruir dos serviços da Rádio Vaticano.

As transmissões internacionais em Ondas Curtas e Médias da Rádio Vaticano desempenharam um serviço de valor incalculável na história da Igreja – sobretudo na Europa – no decorrer do século XX de apoio às populações oprimidas pela guerra e pelos totalitarismos. Enquanto este tipo de serviço caminha rumo ao ocaso para deixar lugar às novas tecnologias de comunicação, sentimos o dever de expressar viva gratidão a quem dedicou com inteligência e grande generosidade suas forças e o seu coração para o bem de inúmeras pessoas.

Pe. Federico Lombardi
Diretor-Geral da Rádio Vaticano
Via:http://adxb.com.br/(Associação Dx do Brasil)

You Might Also Like

0 comentários

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *