Dia do Rádio: saiba porque é comemorada a data

08:40:00

Hoje, 25 de setembro, é comemorado o Dia do Rádio. A data foi escolhida em comemoração ao aniversário de Roquete Pinto, considerado “Pai do Rádio Brasileiro”. Em 1923, Roquete inaugurou oficialmente a primeira rádio do Brasil, a Sociedade do Rio de Janeiro. Antes dela, a Rádio Clube do Recife já havia entrado no ar, sendo a primeira rádio no ar no Brasil e que ainda está em operação. Vale lembrar que a primeira transmissão de rádio no país já havia ocorrido no dia 7 de setembro de 1922, para um discurso de Epitácio Pessoa, na época presidente do Brasil, que este ano comemorou 92 anos. Segundo fontes históricas, o inventor do rádio foi Guglielmo Marconi, com a criação do “telégrafo sem fio” em 1896. A invenção do italiano proporcionou o desenvolvimento do rádio que conhecemos hoje.

Porém, é de conhecimento nacional que o rádio poderia ter nascido no Brasil, em 1894, pelas mãos do padre e cientista gaúcho Roberto Landell de Moura, com o desenvolvimento de um aparelho semelhante ao telégrafo de Marconi, transmitindo e receptando sinais em São Paulo, mais precisamente da Avenida Paulista até o bairro de Santana (Zona Norte da capital paulista). 

Informações dão conta que somente em 1900 Landell conseguiu mostrar publicamente o seu invento, dando brecha para que Marconi ficasse conhecido como inventor do rádio.

A rádio mais antiga em operação no Brasil é a Clube AM do Recife, que em 2014 chegou aos 95 anos em operação. A emissora, que atualmente abriga a Rádio Globo AM 720 do Recife, realizou sua primeira transmissão radiofônica a partir de um estúdio improvisado na Ponte d’Uchoa, no Recife, em 6 de abril de 1919, tendo à frente o radiotelegrafista Antônio Joaquim Perei. Idealizada, construída, operada e direcionada para um grupo elitista, a emissora não teve muita repercussão, por não existirem receptores nas residências àquela época. 

Em 1920, já sob a orientação de Oscar Moreira Pinto, passou a transmitir de suas novas instalações na Avenida Cruz Cabugá, no bairro de Santo Amaro. Em fevereiro de 1923, com um pequeno transmissor de 10 watts, teve sua abrangência aumentada para toda a área do Recife. Em 1934 passou a ser dirigida pelo maestro Nelson Ferreira. Em 1950 inaugurou seu primeiro auditório, para 200 pessoas.

Em 1952 passou a pertencer à cadeia dos Diários Associados, de Assis Chateaubriand, quando inaugurou novo auditório para 2000 pessoas. Em 2008 tornou-se uma das integrantes da Rede Clube Brasil de Rádio. Em 1931, a Rádio Clube promoveu a primeira transmissão ao vivo de futebol no Norte/Nordeste.

Panorama atual

Ao completar 92 anos no Brasil (7 de setembro de 1922 foi feita a primeira transmissão oficial de rádio no Brasil), o meio rádio permanece na expectativa da resolução de vários projetos. Um deles tramita no Congresso Nacional. Os deputados federais estão com projeto de lei que flexibiliza a transmissão do programa A Voz do Brasil, um dos mais antigos ainda em atividade e que atualmente acaba sendo empecilho, principalmente nas grandes cidades, por ter sua veiculação às 19 horas, no período em que motoristas necessitam da informação do rádio para sua locomoção.

O outro está em pleno andamento. A migração das rádios AMs para o dial FM já é uma realidade, com rádios AMs do Rio Grande do Norte já autorizadas a migrar para o FM. A complementação do processo ainda deve demorar, já que, em algumas regiões, será necessária a utilização do chamado “dial estendido”, que compreende as frequências que vão de 76 FM a 88 FM (canais 5 e 6 da TV analógica).

Além disso, a Associação de Emissoras de Rádio e Televisão do Estado de São Paulo (Aesp) promove testes em parceria com a Jovem Pan AM 620 de São Paulo em FM 84.7. Os testes visam acompanhar o comportamento da estação no espectro de São Paulo e os técnicos também percorrerão outras regiões próximas, como Sorocaba.

Tudo Rádio

You Might Also Like

0 comentários

Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *